Isaura apoia famílias de baixa renda que buscam moradia em Trindade

 

34502238_1691032684344811_1926874199029186560_o

 

Cerca de 200 famílias de baixa renda, que moram em Trindade e pagam aluguel, se reuniram dia 5 para com o secretário de Habitação do município, Marden Gabriel Alves Júnior, para reivindicar a construção de moradia de interesse social.

A reunião contou com a participação da deputada Isaura Lemos (PCdoB), presidenta da Comissão de Habitação, Reforma Agrária e Urbana da Assembleia Legislativa de Goiás, que na ocasião levou ofício ao prefeito Jânio Carlos Freire reiterando o pedido da população. A parlamentar é uma das fundadoras do Movimento de Luta Pela Casa Própria (MLCP), presente no município de Trindade, e atua na intermediação do diálogo entre a comunidade e o poder público.

Fora da realidade

O secretário de Habitação disse estar ciente do déficit de moradia popular em Trindade e que levou o problema ao conhecimento do ministro das Cidades, Alexandre Baldy. Segundo Marden Júnior, os números do ministério em relação a esse déficit estão muito abaixo da realidade. Ou seja, nas contas do ministério, o governo federal estaria em dia com o município no que diz respeito ao programa Minha Casa, Minha Vida, feito para atender populações com o perfil dessas famílias.

A população conta ainda com o apoio do ex-vereador Euler Ivo, um dos dirigentes do PCdoB de Goiás, e da vereadora Tatiana Lemos, ambos integrados ao MLCP. Euler Ivo levantou a possibilidade de a prefeitura conseguir uma área e, com o apoio dos moradores, construir um condomínio de casas populares.

Para a deputada, os números do Ministério das Cidades em relação a Goiás precisam ser revistos e atualizados. Segundo ela, trabalhar com uma projeção que não condiz com a demanda dos municípios compromete qualquer programa de governo que trate de moradia popular e inclusão social.

Autor:
Data: junho 7th, 2018
Assunto:
Comentários e Pings estão fechados.

Comentários estão fechados.

Visite também
ÁLBUM COMPLETO >>Últimas Fotos
© 2015 Isaura Lemos - PCdoB. Todos os direitos reservados.