Projeto de Isaura Lemos institui “teste da linguinha” em maternidade pública

 

isaura nova

 

A deputada Isaura Lemos (PCdoB) apresentou projeto de lei que obriga maternidades e hospitais congêneres da rede pública ou conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) a realizarem o protocolo de avaliação do frênulo da língua, conhecido como teste da linguinha, em bebês recém-nascidos no Estado de Goiás.

O frênulo é uma pequena prega de membrana mucosa que conecta a língua ao assoalho da boca. Há diversos casos de pessoas que nascem com a língua presa, ao invés de apenas conectada ao assoalho da boca. O problema interfere na maneira de sugar, mastigar, engolir e falar. No caso dos recém-nascidos, pode levar ao desmame precoce e ao baixo ganho de peso.

De acordo com o projeto de Isaura Lemos, o exame deverá ocorrer na própria unidade onde o recém-nascido se encontra e ser realizado por fonoaudiólogo ou por outro profissional da área de saúde, devidamente capacitado.

Correção

A fonoaudióloga Roberta Martinelli, que desenvolveu o exame do teste da linguinha, explica que as alterações do frênulo lingual podem comprometer o desenvolvimento de uma pessoa da infância à fase adulta. Por isso, a correção cirúrgica deve ser feita tão logo seja detectado o problema, no caso dos recém-nascidos, antes mesmo de concedida a alta médica.

A intervenção, considerada simples pelos médicos, é denominada de frenectomia e consiste em um pique na pele para soltar os movimentos da língua. O procedimento dura cerca de dez minutos, a criança não sente dor e não precisa ficar internada.

 

Autor:
Data: maio 23rd, 2018
Assunto:
Comentários e Pings estão fechados.

Comentários estão fechados.

Visite também
ÁLBUM COMPLETO >>Últimas Fotos
© 2015 Isaura Lemos - PCdoB. Todos os direitos reservados.