Isaura promove audiência pública para debater a educação inclusiva

 

32089670_1320276751449976_6672795279944581120_n

 

Professores das redes estadual e municipal de ensino levaram ao conhecimento da deputada Isaura Lemos, da vereadora por Goiânia Tatiana Lemos e do vereador por Aparecida de Goiânia William Panda, todos do PCdoB, as dificuldades que enfrentam em sala de aula para atenderem às necessidades de formação dos alunos com deficiência física, motora, visual, intelectual e autismo. Faltam apoio, material didático em tempo hábil e continuidade na formação profissional, cuja responsabilidade é das secretarias de Educação do Estado e dos municípios.

De acordo com os professores e com as entidades que representam as pessoas com deficiência, há informações específicas, métodos de ensino e materiais didáticos idealizados com a finalidade de levar escolaridade qualificada a esse segmento da população. A rede de ensino especial está conveniada com as secretarias de Educação, mas enfrenta sérios problemas por conta da alta rotatividade na contratação de professores, em sua maioria comissionados.

Abordagem específica

A diretora de relações públicas da Associação dos Deficientes Visuais de Goiás, Edilma Sales dos Santos, explica que o maior obstáculo no processo de ensino-aprendizagem, é que os professores têm baixa formação na área do ensino especial. Ela lembra que cada tipo de deficiência exige uma abordagem específica, diferente da outra. Destaca ainda, a necessidade do aperfeiçoamento dos cursos de graduação e pós-graduação em Pedagogia, com a inserção de disciplinas que atendam as especificidades da deficiência em questão.

No caso dos deficientes visuais, por exemplo, uma das ferramentas essenciais de acesso ao ensino é o sistema Braille, enquanto que os deficientes auditivos não podem prescindir da presença do intérprete de libras, sobretudo se estiverem dividindo a mesma sala de aula com alunos que não têm essa deficiência.

A Lei 13.146, de 6 de julho de 2015, que regulamenta o Estatuto da Pessoa com Deficiência, traz um elenco de normas com o objetivo de assegurar a educação inclusiva, que, segundo os professores e os próprios deficientes, está longe da realidade vivida em Goiás. Além de debater os problemas constatados nos centros de ensino da Capital, as entidades querem saber como a população dos outros municípios está sendo atendida.

SERVIÇO:

Evento: Audiência pública – Tema: Educação Inclusiva

Data: 16 de maio de 2018

Horário: 9 horas

Local: Auditório Solon Amaral da Assembleia Legislativa de Goiás

Mais informações (ASCOM):

Gabinete da deputada Isaura Lemos: 3221-3104 / 3221-3118

Gabinete da vereadora Tatiana Lemos: 3524-4373 / 3524-4374

Gabinete do vereador Willian Panda: 3883-2525

Autor:
Data: maio 15th, 2018
Assunto:
Comentários e Pings estão fechados.

Comentários estão fechados.

Visite também
ÁLBUM COMPLETO >>Últimas Fotos
© 2015 Isaura Lemos - PCdoB. Todos os direitos reservados.