Plenário derruba veto e projeto da deputada Isaura, que garante à gestante direito de ser assistida por doula, vira lei

 

 

650735

 

Após ser vetado pela Governadoria, projeto de lei da deputada Isaura Lemos (PCdoB), que garante à gestante o direito de ser assistida por uma doula no trabalho de parto, foi aprovado em última instância, dia 25, pelo plenário da Assembleia Legislativa, devendo transformar-se em lei, tão logo seja publicado no Diário Oficial do Estado.

De acordo com o projeto, apresentado dia 10 de maio de 2016 por Isaura Lemos, maternidades e estabelecimentos hospitalares congêneres, da rede pública e privada no Estado de Goiás permitirão a presença da doula quando solicitada pela parturiente, estando proibida qualquer cobrança adicional por essa permissão no período de internação da parturiente.

Na opinião da autora, o trabalho da doula contribui para a evolução natural do parto e o bem-estar da gestante e é fruto do conhecimento e da experiência acumulada por muitas mulheres, desde os primórdios da humanidade, sobre cuidados especiais e de como lidar com a gestação e com os recém-nascidos.

Reconhecimento

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde reconhecem que a presença da doula tem colaborado para a realização de partos menos traumáticos, com menor possibilidade de complicações e mais humanizados.

“A profissão de doula é regulamentada no Brasil e muitos municípios já têm leis próprias que asseguram o direito da gestante de ser assistida por uma doula”, comemora Isaura Lemos.

Autor:
Data: maio 2nd, 2018
Assunto:
Comentários e Pings estão fechados.

Comentários estão fechados.

Visite também
ÁLBUM COMPLETO >>Últimas Fotos
© 2015 Isaura Lemos - PCdoB. Todos os direitos reservados.